20011023 - Terra

From RPGWiki

RPG pode ser proibido no país por causa de assassinato em MG

Terça, 23 de outubro de 2001, 04h32

O procurador da República em Minas, Fernando de Almeida Martins, determinou ontem a abertura de um procedimento administrativo para investigar a possibilidade de a estudante Aline Silveira Soares, 18 anos, ter sido assassinada na madrugada do dia 14, em Ouro Preto, a 96 quilômetros de Belo Horizonte, por influência do jogo Role Playing Games (RPG). Se a hipótese for comprovada, o jogo poderá ser proibido em todo o país. O corpo foi encontrado com 15 facadas e marcas de violência sexual sobre um túmulo do cemitério da Igreja das Mercês. A Procuradoria vai entrar em contato com a Polícia Internacional (Interpol) e a Polícia Federal para saber se há ligação do RPG com outros crimes.

As investigações científicas, de acordo com Fernando de Almeida, serão realizadas com auxílio de um psicólogo ou um psiquiatra, que serão chamados para estudar os detalhes do jogo. A idéia é ter um laudo que revele quais são as conseqüências da prática do RPG para as pessoas. Se o laudo médico comprovar que o jogo pode prejudicá-las psicologicamente, o procurador passa a aguardar o resultado da investigação policial. "As conclusões têm que ser seguras, indicando que o autor ou autores desse homicídio agiram sob influência do jogo. Se isto ficar comprovado, eu inicio imediatamente o procedimento para exigir a proibição do RPG em todo o Brasil." Esta não é a primeira vez que Fernando de Almeida Martins trabalha para proibir algum tipo de jogo. Em São Paulo, há cerca de dois anos, um estudante, confessadamente sob influência de um vídeo game, entrou em uma sala de cinema e disparou uma submetralhadora durante exibição de um filme de conteúdo violento, atingindo várias pessoas. Nesse caso, o procurador em Minas entrou com uma ação civil pública e conseguiu proibir o jogo de vídeo em questão no país. A mutilação e a posição em que o corpo da estudante foi abandonado - os braços abertos e os pés superpostos, como se tivesse sido crucificada -, segundo a Polícia, sugerem que Aline Silveira Soares tenha sido vítima de um ritual de magia negra inspirado no RPG Advanced Dungeons & Dragons.

Criado em 1974, nos Estados Unidos, o RPG consiste em um entretenimento onde os participantes se imaginam como personagens fictícios de um mundo de fantasia onde vivem aventuras fantásticas. As regras contidas nos livros não determinam condutas boas ou más, elas apenas ambientalizam o grupo de jogadores e permitem que construam e interajam com esse universo. Por isto, os praticantes do RPG ouvidos pela reportagem do jornal Hoje em Dia foram unânimes em descartar a relação do jogo com o crime de Ouro Preto. O RPG, segundo eles, é um jogo de interpretação de personagens. O que prende a atenção dos participantes seria exatamente a capacidade que cada um tem de escolher e argumentar.