Guia dos Dragões

From RPGWiki
Jump to navigationJump to search
Guia-dos-Dragoes.jpg
  • Guia dos Dragões
  • Editora: Daemon Editora
  • Descrição: Complemento para Sistema Daemon
  • Classificação Etária: 14 anos
  • Lançamento: 2006
  • ISBN: -
  • Formato: 20,5 x 27,5 cm
  • Descrição: 32pgs, Brochura
  • Autores: Maury "Shi Dark" Abreu
  • Capa: -
  • Ilustradores: -


Em termos de regras o Guia dos Dragões não tem muitas diferenças em relação ao net-book que foi lançado no site da Daemon.Quase todas as regras continuam lá. As estatísticas dos dragões praticamente não mudaram. Na verdade o livro impresso é até menor do que o net-book (que contava com mais de 40 páginas, enquanto o livro têm 32 páginas). Por conta disso, muito material ficou de fora da versão final.

A mudança mais significativa seja talvez a parte artística. A maior parte da arte antiga, utilizada no net-book, foi descartada, pois eu não tinha permissão para usá-la. Na verdade a única que me permitiu manter o uso das ilustrações foi a Elayne “Lótus Negra” – portanto, as imagens que ela produziu (o dragão observando um castelo no alto de uma montanha, e o caçador de dragões) continuam lá. Algumas ilustrações da Daemon foram reaproveitadas no livro – como as belas imagens de Beluhga e Sckhar produzidas por André Vazzios e o grande dragão negro criado por Rod Reis. As duas grandes novidades, então, ficaram por conta de Bruno “Cataclisma” Zago, que produziu as imagens de um grandioso e belo dragão dourado ao lado de um honroso paladino, e o calmo dragão silvestre, que dorme ao lado de uma druida. Dois grandes trabalhos, que me surpreenderam por sua qualidade, e que agora “embelezam” ainda mais o Guia dos Dragões.

Devido ao espaço disponível, algumas informações que apareciam no net-book tiveram que ser apagadas ou resumidas no livro. Algumas das novas raças de dragões também não estarão lá – na verdade as únicas que estão presentes, ao lado dos cromáticos e metálicos, são o dragão marinho, dragão silvestre, tatsu e a tartaruga-dragão (que não é um dragão verdadeiro, mas uma criatura aparentada). A escolha destas espécies, claro, tem um propósito (que não é mencionado no livro, mas pode ser percebido por fãs mais atentos): estas são justamente as espécies mais adequadas para se usar em Tormenta, o que torna o Guia dos Dragões um suplemento “indireto” para este cenário (assim como era o Guia de Classes de Prestígio).

Toda a descrição a respeito dos dragões em Trevas também foi mantida, para torná-lo um suplemento compatível com este que é o cenário mais famoso da Editora Daemon, ao lado de Arkanun.